Geólogos enviados pelo governo federal já estão monitorando áreas de risco em Nova Friburgo

Uma equipe de 12 geólogos do Serviço Geológico do Brasil da Companhia de Pesquisas e Recursos Minerais (CPRM) começou ontem (13), em Nova Friburgo, na região serrana, o monitoramento de todas as áreas de risco no município.

Os especialistas fazem parte da força-tarefa enviada pelo governo federal aos estados atingidos pela chuva e enchentes. Ao todo, são 35 profissionais que estão fazendo o levantamento das áreas críticas nos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo.

No Rio, além de Nova Friburgo, – serão monitoradas áreas de risco nas cidades de Cantagalo, Cordeiro, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto. De acordo com o geólogo Pedro Augusto dos Santos, coordenador da equipe, os técnicos “estão fazendo o reconhecimento de áreas de risco próximas a hospitais, escolas, creches, além de construções perto de córregos e rios”.

Os trabalhos estão sendo feitos com auxílio de GPS (Sistema de Posicionamento Global) e os dados disponibilizados em mapa com a descrição de cada área de risco identificada pelas equipes. Os dados serão enviados à Defesa Civil estadual e às prefeituras.

Fonte: Agência Brasil

Print Friendly, PDF & Email