Fungo já matou quase 7 milhões de morcegos nos EUA e Canadá

Morcegos saem de caverna durante entardecer no estado do Texas, nos Estados Unidos. (Foto: Eric Gay/AP)

Quase sete milhões de morcegos morreram na América do Norte desde 2006 devido a um fungo conhecido como “Síndrome do nariz branco” (WNS, na sigla em inglês), indicaram autoridades ambientais nesta semana. Estudo publicado no fim do ano passado revelou que a doença é causada pelo fungo Geomyxes destructans, mas os especialistas não sabem como detê-lo.

Desde 2009, quando foi realizado o último levantamento, houve aumento de mais de um milhão de mortes de animais, sendo que em algumas áreas isto significa quase a todalidade da população de morcegos, disse o especialista em vida selvagem Jeremy Coleman, do Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos.

“Em estados como Nova York, Vermont (nos Estados Unidos) e o sul de Ontário (no Canadá), cerca de 90% da população foi provavelmente impactada”, disse Coleman, que coordena campanha contra o fungo. A quantidade foi copilada a partir de dados de biólogos e modelos matemáticos que projetam a perda em áreas onde a enfermidade se propagou.

“Esta nova informação surpreendente ilustra a ameaça que a síndrome do nariz branco representa aos morcegos e o tamanho do problema que enfrenta nossa nação”, disse Dan Ashe, diretor do Serviço de Pesca e Vida Selvagem.

Valor intangível
“Os morcegos têm um grande valor na economia dos Estados Unidos porque são considerados controladores naturais de pestes em fazendas e florestas, além de ter um papel essencial no combate a insetos que podem transmitir doenças aos humanos”, complementou.

Um estudo recente indicou que os morcegos são um importante pesticida natural. Se fossem taxados, o serviço deles equivaleria a US$ 3,7 bilhões anuais.

O primeiro local onde o WNS foi registrado é em uma colônia de morcegos no estado de Nova York. Depois, a doença se expandiu por mais 15 estados dos EUA e quatro províncias do Canadá. A síndrome é particularmente letal para as espécies que hibernam durante o inverno, como o morcego-marrom.

Fonte: G1

 

Print Friendly, PDF & Email