Fiocruz promoverá encontros para discutir temas ligados à Rio+20

A partir desta semana, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vai promover uma série de encontros para debater temas ligados à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que será realizada de 20 a 22 de junho no Rio.

De acordo com o coordenador do Centro de Relações Internacionais da Fiocruz, Paulo Buss, os encontros de Educação, Ciências e Saúde vão reunir especialistas nessas áreas e representantes da sociedade civil. A primeira palestra será realizada nesta segunda-feira (12).

Buss explicou que um dos objetivos é discutir como o desenvolvimento sustentável pode contribuir para o fortalecimento da saúde. Segundo ele, o draft zero – como é conhecido o rascunho do principal texto que será analisado pelos líderes mundiais e submetido à aprovação dos Estados-Membros da ONU na conferência – não deu o espaço adequado às questões ligadas à saúde.

“A nossa preocupação é que a saúde humana aparece com menos expressão, como se o desenvolvimento sustentável não tivesse que dialogar com esse tema. Sabemos como é importante para o desenvolvimento ter a população saudável e como o desenvolvimento sustentável inclui um ambiente capaz de fazer as pessoas serem saudáveis. Por isso vamos fazer esse grande debate”, destacou.

De acordo com o coordenador da Fiocruz, entre os temas que serão abordados no ciclo de palestras estão o saneamento, a água, o esgoto, a destinação adequada do lixo, principalmente o hospitalar, além de fenômenos como desertificações, secas e inundações que afetam a saúde e a produção de alimentos no mundo.

Paulo Buss acrescentou que as conclusões dos debates farão parte de um documento que está sendo elaborado pela Fiocruz e será encaminhado para discussão na Rio+20.

Ele informou que as palestras devem ocorrer mensalmente até a realização da conferência, são gratuitas e abertas ao público, sem a necessidade de inscrição prévia. Outras informações podem ser obtidas nos telefones (21) 3865-2216 ou (21) 3865-2156.

Fonte: Agência Brasil

Print Friendly, PDF & Email
Tags: ,