Famílias realizam safáris na África e caçam girafas por diversão, diz jornal

Reportagem afirma que turistas chegam a pagar R$ 27 mil por passeio.

Denúncia do jornal britânico “The Sun” mostra que turistas têm aproveitado viagens à África para caçar, de forma legal, girafas em reservas selvagens.

Segundo a reportagem, a maioria das pessoas levam para casa a cabeça dos animais como um troféu de sua aventura ou famílias que participaram da caçada tiram foto sorridentes ao lado com animal morto.

De acordo com especialistas, a maioria dos “caçadores” são da Grã-Bretanha, América do Norte, Alemanha, Rússia e Escandinávia. Os caçadores chegam a pagar até R$ 27,2 mil por expedições em busca do mamífero. Clubes de caça pedem até R$ 2,7 mil pela cabeça como troféu.

De acordo com a publicação, a população de girafas caiu de 140 mil para cerca de 80 mil em 24 anos, com risco de extinção da espécie em países como Angola, Mali e Nigéria. Entretanto, na África do Sul, Namíbia e Zimbábue a caça é legalizada. Mais imagens podem ser vistas aqui.

Fonte: G1

 

Print Friendly, PDF & Email