Extremos climáticos provocam problemas de infraestrutura nos EUA

Desde rodovias no Texas a instalações de energia nuclear em Illinois, o concreto, o aço e a engenharia sofisticada que fortalecem a infraestrutura dos Estados Unidos estão sendo afetados em graus preocupantes pelo calor, seca e tempestades frequentes. Em um único dia deste mês, um jato regional do US Airways ficou preso no asfalto que tinha suavizado devido à temperatura de 37ºC, e um trem de metrô descarrilou depois que o calor fez o trilho se expandir, informou o New York Times.

No leste do Texas, o calor e a seca tiveram um “efeito surpreendente” sobre os solos argilosos debaixo de rodovias, que ficaram enrugadas e racharam, afirmou o engenheiro Tom Scullion, do Texas Transportation Institute na Texas A&M University. Nos estados do Nordeste e do Centro-Oeste, disse ele, o calor anormalmente elevado está causando a expensão de trechos de rodovias para além dos seus limites de projeto, criando redutores de velocidade bruscos e até mesmo perigosos.

Calor excessivo e seca estão ameaçando ainda outras áreas, como Chicago, onde uma instalação nuclear teve de obter permissão especial para continuar operando este mês porque a temperatura da água da lagoa usada para a refrigeração dos equipamentos atingiu os 38ºC. Em sua licença de operação, o limite de temperatura é de 37ºC.

— Nós temos a “tempestade do século” a cada ano agora — disse Bill Gausman, vice-presidente da Companhia de Energia Elétrica Potomac, que levou oito dias para se recuperar da tempestade “Derecho”, que atravessou o Centro-Oeste e chegou ao litoral leste, deixando sem energia elétrica 4,3 milhões de pessoas em dez estados.

Os esforços de adaptação estão ocorrendo em todo o país. Alguns são tão grandes quanto o esforço multibilionário para aumentar a altura dos diques e muros de inundação em Nova Orleans por causa de projeções de elevação do mar e de tempestades mais fortes que virão.

Fonte: O Globo

FanPage AmbientalSustentávelCurta nossa página do facebook
A tempestade chamada “Derecho” atravessou os Estados Unidos e deixou cerca de 4,3 milhões de pessoas sem energia elétrica   Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/ciencia/extremos-climaticos-provocam-problemas-de-infraestrutura-nos-eua-5593821#ixzz21xRlG19s  © 1996 - 2012. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

A tempestade chamada “Derecho” atravessou os Estados Unidos e deixou cerca de 4,3 milhões de pessoas sem energia elétrica

Print Friendly, PDF & Email