‘Enterro de árvore’ marca protesto contra corte de mangueira, no AM

corte de uma mangueira que arborizava a praça do Lago São Sebastião, no Centro Histórico de Manaus, na manhã deste sábado (15), continua a gerar críticas na capital. Neste domingo, um grupo de teatro encenou o “enterro da árvore”. Eles fixaram uma cruz preta e flores no local como sinal de protesto à ação da Prefeitura de Manaus. (Veja fotos).

O corte foi feito por funcionários da Prefeitura, por volta e 7h30, e revoltou a população manauense. A assessoria da Secretaria Estadual de Cultura (SEC), responsável pela área, disse ao G1 que a árvore estava doente.

A assessoria informou ainda que a mangueira foi cortada em comum acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas). Segundo a Semmas, os técnicos da prefeitura detectaram que a árvore estava doente, mas não soube informar qual era a doença. Para compensar a perda, ficou determinado que fosse feito plantio de árvores na Praça do Congresso, na Avenida Eduardo Ribeiro e no Parque Jefferson Péres.

Já a assessoria da Semmas, declarou que não sabia informar o motivo do corte e que só teria acesso ao laudo na segunda-feira (17), mas afirmou que a atividade foi legal.

Fonte: G1

Corte de árvore gerou crítimas na capital (Foto: Janssem Cardoso/Divulgação)

Corte de árvore gerou crítimas na capital
(Foto: Janssem Cardoso/Divulgação)

Print Friendly, PDF & Email