Chevron diz que quer retomar perfurações o mais rápido possível, mas aguarda decisão da ANP

O presidente da Chevron para África e América Latina, Ali Moshiri, disse hoje (14) que a empresa pretende retomar o quanto antes as atividades de perfuração no Campo de Frade, na Bacia de Campos – onde ocorreu vazamento de petróleo no início de novembro.

“Do nosso ponto de vista, gostaríamos que isso acontecesse o mais rápido possível, mas vamos esperar a decisão da ANP [Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis]”, disse.

Ontem (13), o órgão informou que a companhia petrolífera continua proibida de explorar petróleo no Brasil por não ter atendido aos requisitos referentes à segurança e às medidas tomadas após o derramamento de óleo.

Após participar de reunião com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, Moshiri disse ainda que a empresa vai continuar a cooperar com a ANP. “Qualquer informação que eles queiram, que peçam, enviamos a eles e, se precisarem de mais, providenciaremos. Assim sendo, fluxo de informação não é o problema, de nossa parte nem de nenhuma parte.”

Fonte: Agência Brasil

Print Friendly, PDF & Email