Case de empresa especializada em madeira

Uma madeira produzida com 70% de farinha da própria madeira, misturada a aditivos e mais 30% de Polietileno de Alta Densidade (plástico reciclado e submetido a filtragem especial) é desenvolvida pela empresa Madeplast, situada em Curitiba, no Paraná. Este é um dos modelos de negócios que estão em exposição na Feira do Empreendedor: oportunidades de negócios verdes, promovida pelo Sebrae durante a Rio+20.

Foi o empresário Helio Bampi quem teve a ideia de fabricar o novo tipo de madeira, segundo informou a Agência Sebrae. Em 2008, o catarinense de nascimento criou a Madeplast, empresa que foi incubada por uma universidade de Curitiba (PR). Foram necessários dois anos de pesquisa até Bampi alcançar um resultado satisfatório e tornar o produto competitivo.

Atualmente, a Madeplast se dedica à chamada economia verde e representa modelos de empreendedorismo preocupados com a sustentabilidade do planeta. “Nosso produto é 100% reciclável e 100% reciclado”, destacou a assistente de marketing da empresa, Fernanda Basili Dadamo. Ela acredita que a Rio+20 será uma vitrine ao divulgar o produto para o mundo e quer aproveitar a presença de representantes de 190 nações durante a realização da conferência. “Queremos firmar a marca e o Sebrae ao nosso lado garante credibilidade”, comemorou.

Aos poucos, a Madeplast, que fica em Mandirituba, na região metropolitana de Curitiba, vai ampliando o mercado consumidor. A empresa já tem representação em todos os estados e no Distrito Federal. A maioria da produção vai parar no litoral do Rio de Janeiro. O motivo, segundo Fernanda, é a resistência do material às condições adversas, como sol, chuva e maresia. Além de ser fabricada de forma sustentável, a madeira ecológica tem durabilidade de dez anos sem necessidade de manutenção.

A assistente de marketing explicou que a maior dificuldade no início foi convencer os clientes sobre as vantagens que o produto traz para bolso e meio ambiente. “No início, o custo final era 40% mais caro se comparado à madeira nobre. Precisávamos mostrar que valia a pena o cliente pesar o custo e benefício”, lembrou Fernanda.

O espaço montado pelo Sebrae na Rio+20 fica no Parque do Flamengo e tem 400 m². Entre os participantes estão a Gatos de Rua, Acqua Zero, Leeder Maq, Apliquim Brasil Recicle, Chamma da Amazônia, Eco Side, Ecotop, Ecomáquinas, Arte dos Aromas, Ecology Store, Madeplast Madeira Ecológica, Eco RVS, Ecojardim, Natura, Cassiopéia, Ecoblock, Verde e Progresso, BKR Brasil, Amazongreen, L.M. da Amazônia, Ecotest Tecnologia Ambiental, Ekoffotprint Gráfica Sustentável, Via Verde Produtos Naturais e Ecossis.

Fonte: EcoD

O conteúdo do EcoDesenvolvimento.org está sob Licença Creative Commons. Para o uso dessas informações é preciso citar a fonte e o link ativo do Portal EcoD. http://www.ecodesenvolvimento.org.br/posts/2012/junho/case-de-empresa-especializada-em-madeira-ecologica#ixzz1xtlAS2DP  Condições de uso do conteúdo  Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives  Madeira ecológica dá vida a móveis de diversos tipos - e sem derrubar árvores/Foto: Divulgação

O conteúdo do EcoDesenvolvimento.org está sob Licença Creative Commons. Para o uso dessas informações é preciso citar a fonte e o link ativo do Portal EcoD.

Print Friendly, PDF & Email