Cartões-postais do Rio ficam às escuras para conscientizar população sobre necessidade de poupar energia

A cidade do Rio de Janeiro participou na noite deste sábado (31) da campanha mundial Hora do Planeta 2012 que tem como objetivo conscientizar a população mundial sobre a importância da adoção de novos hábitos, além de mobilizar a sociedade para a luta contra o aquecimento global e para a questão das mudanças climáticas.

Este ano, a mobilização, organizada no país pela organização não governamental WWF-Brasil, também pretendeu chamar a atenção para a Conferência Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que ocorre na cidade no mês de junho próximo.

Durante uma hora, das 20h30 as 21h30, os principais cartões-postais da cidade ficaram às escuras. Além do Cristo Redentor, as luzes foram apagadas nas orlas das praias de Copacabana e Ipanema, nos Arcos da Lapa, no Monumento aos Pracinhas, na Catedral Metropolitana e na Igreja Nossa Senhora da Penha. Em um ato simbólico, no Parque Garota de Ipanema, no Arpoador, um interruptor foi acionado às 21h30 por autoridades municipais e diretores da WWF-Brasil.

O vice-prefeito e secretário municipal do Meio Ambiente, Carlos Alberto Muniz, lembrou que é a quarta vez consecutiva que o Rio participou da Hora do Planeta. Segundo ele, “a ideia é que a conscientização fique acesa por todo o ano. Para isso, precisamos, cada vez mais, gastar menos luz, desperdiçar menos água, emitir menos gás carbônico, além de envolver indivíduos, governos e organizações no objetivo maior de garantir um futuro mais sustentável”.

Fonte: Agência Brasil

Cartões-postais do Rio ficam às escuras para conscientizar população sobre necessidade de poupar energia

Print Friendly, PDF & Email