Camila Pitanga pede ‘veta, Dilma’ em cerimônia no Rio

Mestre de cerimônias em um evento no Rio nesta sexta-feira (4), a atriz Camila Pitanga se dirigiu à presidente Dilma Rousseff e disse: “Vou quebrar o protocolo. Veta Dilma!”, em referência ao novo Código Florestal aprovado pelo Congresso e que aguarda sanção presidencial.

Em resposta, a presidente riu e Camila foi muito aplaudida enquanto apresentava a cerimônia de concessão do título de doutor honoris causa a Lula por sua contribuição à história política, econômica e social do Brasil.

O título foi concedido pelas universidades públicas do Rio de Janeiro no tradicional teatro João Caetano, no centro da capital fluminense.

No dia 25 de abril, com o apoio da bancada ruralista, a Câmara aprovou a reforma do Código Florestal impondo uma derrota ao governo e deixando para a presidente a opção de veto à proposta.

Por 274 votos a favor, 184 contrários e 2 abstenções, os deputados acolheram o relatório do deputado Paulo Piau (PMDB-MG) com 21 modificações no texto aprovado pelo Senado em dezembro, que era defendido pelo Palácio do Planalto. Ainda serão analisados 13 destaques que podem modificar o texto.

O governo defendia o texto aprovado em dezembro pelo Senado, que determinava que os agricultores deveriam recompor um mínimo de 15 metros e um máximo de 100 metros das margens dessas matas, conhecidas como de preservação permanente.

POLÊMICA

O texto aprovado pelo Congresso exige apenas a recuperação de 15 metros de vegetação a partir das margens dos rios com largura de até 10 metros. Com isso, a avaliação do Palácio do Planalto é que a proposta prejudica especialmente os pequenos produtores e isenta os grandes.

A ideia que mais está avançada prevê um novo sistema escalonado de faixas de recomposição para os pequenos proprietários, que representam 82% do total de estabelecimentos do país –equivalentes a 23% da área de agriculturável brasileira, sem contar as regiões amazônicas e do pantanal.

Pelo estudo, o pequeno agricultor que tiver rio com 10 metros de largura terá que recompor 5 metros de florestas desmatadas. Para as pequenas propriedades com rios de 15 metros, a recomposição seria de 7 metros. Já nos rios acima de 15 metros, o reflorestamento obrigatório seria de 10 metros.

O modelo para os grandes proprietários ainda está sendo finalizado pela equipe presidencial. A ideia é baixar a medida provisória quando o governo definir os vetos ao texto do Código Florestal aprovado na Câmara.

Fonte: Folha.com

Camila Pitanga pede 'veta, Dilma' em cerimônia no Rio

Camila Pitanga pede 'veta, Dilma' em cerimônia no Rio

Print Friendly, PDF & Email