Cálculo de pegada ecológica em São Paulo ajudará na gestão pública

A cidade de São Paulo será a terceira do país a fazer o cálculo de Pegada Ecológica, uma importante ferramenta de gestão ambiental, proposta pela ONG WWF, e que é usada para medir os impactos das atividades humanas no meio ambiente.

Segundo a Agência Fapesp, o acordo foi assinado pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo com a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente do Município de São Paulo e com o WWF.

Para realizar o estudo, serão capacitados seis técnicos de cada uma das duas secretarias. De acordo com as instituições participantes do projeto, o resultado do trabalho servirá para ajudar no planejamento e na gestão pública, mobilizar a população para rever seus hábitos de consumo, além de estimular empresas a melhorarem suas cadeias produtivas.

A expectativa do WWF-Brasil e dos parceiros é conseguir o cálculo o quanto antes para ser apresentado na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), que será realizada de 13 a 22 junho no Rio de Janeiro.

De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, a Pegada Ecológica de um país, estado, cidade ou pessoa corresponde ao tamanho das áreas produtivas terrestres e marinhas necessárias para sustentar determinado estilo de vida. É uma forma de traduzir, em hectares, a extensão de território que uma pessoa ou sociedade utiliza para morar, se alimentar, se locomover, se vestir e consumir bens de modo geral.

Fonte: EcoD

O conteúdo do EcoDesenvolvimento.org está sob Licença Creative Commons. Para o uso dessas informações é preciso citar a fonte e o link ativo do Portal EcoD. http://www.ecodesenvolvimento.org.br/posts/2012/maio/calculo-de-pegada-ecologica-em-sao-paulo-ajudara#ixzz1twIz8VlE  Condições de uso do conteúdo  Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives  A Pegada Ecológica é usada para medir rastros de hábitos deixados pelos seres humanos no planeta/Foto:sxc

A Pegada Ecológica é usada para medir rastros de hábitos deixados pelos seres humanos no planeta/Foto:sxc

Print Friendly, PDF & Email