Banco Mundial dará US$ 16 mi para áreas protegidas na Amazônia

O Banco Mundial anunciou nesta quinta-feira a doação de US$ 15,9 milhões para a criação e manutenção de áreas protegidas na Amazônia.

Segundo o banco, o dinheiro será usado pelo Ministério do Meio Ambiente para criar mais 13,5 milhões de hectares de unidades de conservação, além de consolidar 32 milhões de hectares em áreas já existentes.

A verba vem do GEF (Fundo Mundial para o Ambiente) e integra o chamado programa Arpa (Áreas Protegidas da Amazônia). É uma fração dos US$ 141 milhões estimados para a segunda fase do programa, criado em 2002.

Mesmo subfinanciado, o Arpa tem sido a principal fonte de verba para investimentos em algumas unidades de conservação, diante da falta de verba crônica do Instituto Chico Mendes, órgão responsável pela biodiversidade.

Fonte: Folha.com

Autor: Cláudio Angelo

Print Friendly, PDF & Email