Uma casa de aço

Moradia feita em metal modular galvanizado pode ser construída em cinco dias

Projeto pode variar de dormitório estilo quitinete até um imóvel de três quartos, com varanda | Foto: Divulgação

Rio – Já pensou em ter sua casa nova prontinha e por um preço acessível em menos de uma semana? Pois isso é possível. Utilizando uma técnica alternativa aos imóveistradicionais, de alvenaria, a empresa Eurobras criou o projeto EuroHome, uma casa feita em aço modular galvanizado e EPS, que pode ser construída em cinco dias.

A estrutura principal é composta por perfis dobrados galvanizados antiferrugem. As paredes e a cobertura são formadas por chapas em aço pré-pintado (branco) e miolo de poliestireno expandido (EPS) e revestidas por um painel termoacústico. Para a montagem de uma casa de 66 metros quadrados, por exemplo, são necessários, após a confecção de um piso de concreto, apenas cinco dias e três pessoas.

“Além da rapidez e da versatilidade, o projeto é o que chamamos de obra limpa, que não gera resíduos e não agride o meio ambiente. Já estamos no mercado há 30 anos fazendo os mais diversos tipos de edificações, como casas para canteiros de obras e até hotéis, e agora estamos entrando no ramo de casas residenciais populares”, explica Thelma Buzzoni Moraes, diretora comercial da Eurobras.

As moradias podem variar de 22 metros quadrados, com um dormitório no estilo quitinete, até um imóvel de três quartos, com varanda, ou de quatro dormitórios, com possibilidade de extensões, de acordo com a necessidade dos clientes. O preço varia de R$ 1 mil a R$ 1,2 mil por metro quadrado.

Conforto térmico e possibilidade de ampliação

Como a estrutura da casa é feita de aço, a Eurobras criou um revestimento especial para garantir o conforto térmico e acústico das moradias.

As paredes contam com um painel termoacústico, que é adequado tanto para temperaturas baixas quanto para temperaturas altas.

No chão, a casa vem com um degrau de concreto magro, e fica a cargo do comprador o tipo de piso que será usado no imóvel. É possível colocar cerâmica fria, taco, tábua corrida e etc.

O projeto também favorece quem tem intenção de ampliar a família. Caso a pessoa decida construir uma casa de um ou dois quartos e futuramente tenha a necessidade de aumentar o tamanho do imóvel, poderá acrescentar esse novo cômodo sem precisar mexer nos demais.

Quanto à durabilidade, a diretora comercial da Eurobras garante que a moradia é tão eficiente quanto uma de alvenaria. “O mais importante é fazer a manutenção preventiva, assim como é feito em qualquer outra casa.”

A estrutura principal é composta por perfis dobrados galvanizados antiferrugem. As paredes e a cobertura são formadas por chapas em aço pré-pintado (branco) e miolo de poliestireno expandido (EPS) e revestidas por um painel termoacústico. Para a montagem de uma casa de 66 metros quadrados, por exemplo, são necessários, após a confecção de um piso de concreto, apenas cinco dias e três pessoas.

“Além da rapidez e da versatilidade, o projeto é o que chamamos de obra limpa, que não gera resíduos e não agride o meio ambiente. Já estamos no mercado há 30 anos fazendo os mais diversos tipos de edificações, como casas para canteiros de obras e até hotéis, e agora estamos entrando no ramo de casas residenciais populares”, explica Thelma Buzzoni Moraes, diretora comercial da Eurobras.

As moradias podem variar de 22 metros quadrados, com um dormitório no estilo quitinete, até um imóvel de três quartos, com varanda, ou de quatro dormitórios, com possibilidade de extensões, de acordo com a necessidade dos clientes. O preço varia de R$ 1 mil a R$ 1,2 mil por metro quadrado.

PRÊMIOS 

ao grupo EUROBRAS

 

 


 

Fonte : Janaína Carvalho _ O DIA

 

PrintFriendly and PDF