Proposta brasileira para a Rio+20 será enviada à ONU nesta terça

A proposta oficial do Brasil para a Conferência Rio+20 será apresentada nesta terça-feira em Brasília.

O documento deve sugerir a criação de um programa de proteção socioambiental global e a recomendação de um pacto global voltado à produção e ao consumo sustentáveis, além de um protocolo verde internacional para o setor financeiro.

Também será proposto o financiamento de estudos e pesquisas sobre desenvolvimento sustentável.

A proposta elaborada pelo governo brasileiro será enviada à ONU (Organização das Nações Unidas). Daqui para a frente, começa o processo internacional de negociação.

A ideia é que o documento seja utilizado pela ONU para a elaboração do chamado Projeto Zero, que servirá de base para os países negociarem os documentos finais da conferência.

A Conferência Rio+20 é tema de todas as reuniões da presidenta Dilma Rousseff com autoridades estrangeiras. Ela desembarca ainda hoje em Cannes, na França, para a 6ª Cúpula do G20 (que reúne as 20 maiores economias do mundo) e o assunto será abordado com os chefes de Estado e de governo.

As discussões da Conferência Rio+20 ocorrerão na área do Porto do Rio de Janeiro, de 28 de maio a 6 de junho de 2012. Será a maior conferência mundial sobre preservação ambiental, desenvolvimento sustentável e economia verde e definirá um novo padrão para o setor. Mais de cem presidentes da República e primeiros-ministros estarão presentes.

A Rio+20 ocorrerá duas décadas depois de outra conferência que marcou época, a Rio 92. O objetivo é definir um modelo internacional para os próximos 20 anos com base na preservação do ambiente, mas com foco na melhoria da qualidade de vida a partir da erradicação da pobreza, da economia verde e do desenvolvimento sustentável para uma governança mundial.

DA AGÊNCIA BRASIL

Print Friendly, PDF & Email
Tags: