Equipamento do Inpe que medirá atmosfera embarca para a Antártida

Pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), sediado em São José dos Campos (SP,) participaram nesta semana do embarque do Criosfera 1, módulo autônomo brasileiro para coleta de dados atmosféricos, rumo à Antártida.

Nesta segunda-feira (29), o equipamento nacional embarcou rumo à Geleira Union, na base das montanhas Elisworth. Entre agosto e outubro deste ano, o módulo seguiu de caminhão do interior paulista até Punta Arenas, no Chile.

De acordo com Marcelo Sampaio, engenheiro do Inpe e coordenador técnico do projeto, após a chegada do Criosfera 1 ao continente gelado, ele será transportado sobre um trenó e puxado por um trator polar até o manto de gelo da Antártida Ocidental. Ele funcionará com painéis fotovoltaicos e geradores eólicos, logo não utilizará combustíveis fósseis.

O aparelho vai coletar dados sobre a meteorologia e a composição química da atmosfera da região. O objetivo é analisar as consequências climáticas da redução da camada de ozônio e o transporte de poluentes para o ar da região. As informações serão transmitidas via satélite para a sede do instituto a partir de 2012.

Os resultados obtidos no módulo autônomo irão se somar às pesquisas realizadas na Estação Antártica Brasileira de Comandante Ferraz, localizada na latitude 62° S, na borda do continente.

Fonte: G1 Natureza

Criosfera 1, módulo de pesquisas brasileiro que foi enviado para a Antártida (Foto: AE / Lucas Lacaz Ruiz)

Criosfera 1, módulo de pesquisas brasileiro que foi enviado para a Antártida (Foto: AE / Lucas Lacaz Ruiz)

Print Friendly, PDF & Email