Em comemoração à semana da Árvore a PMA de Costa Rica, Campo Grande,Coxim e o Projeto Florestinha doam mudas.

O Núcleo de Educação Ambiental da PMA de Campo Grande, a PMA de Costa Rica e Coxim e o Projeto Florestinha, em comemoração ao dia internacional da árvore (21/setembro), estarão realizando diversas atividades de Educação Ambiental.

Em defesa do planeta terra Costa Rica realiza Pit Stop Ambiental,doa mudas de ipê ,pitanga,ingá, jenipapo,pata de vaca,cerejeira.

Os trabalhos serão executados em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande – SEMED, Prefeitura Municipal de Costa Rica, Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Capital, o Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul/IMASUL e a empresa de energia EDP – Energias do Brasil.

Serão doadas à população 3.000 mudas de plantas nativas, as quais foram doadas pelo IMASUL, que serão distribuídas à população, em Coxim e Campo Grande. Em Campo Grande, as mudas serão doadas, a partir do dia 20 (amanhã), das 9h00min, às 16h00min, no Projeto Florestinha, localizado à Avenida Assaf Trad,

No Parque Assaf Trad, localizado próximo ao MACRO e Condomínio Alphaville, as crianças do Projeto Florestinha receberão crianças de Escolas Municipais para atividades de Educação Ambiental. Será apresentado teatro de fantoches e realizado plantio de mudas nativas no Parque, o qual possui área bastante frágil, devido a diversas erosões que existiam no local e foram recuperadas durante a construção do condomínio Alphaville.

No Parque Assaf Trad ainda serão realizadas as seguintes oficinas com as crianças do projeto e alunos das escolas municipais:

1. Plantio de mudas nativas, com palestra sobre flora (Desmatamento, erosão de solos, controle de poluição, assoreamento…).

2. Visitação ao museu de animais e peixes empalhados, com palestra sobre fauna (pesca, atropelamentos, tráfico e caça de animais silvestres…).

3. Visitação ao local onde existiam erosões – a visitação das crianças será executada com discussões sobre os processos erosivos que existiam no local, bem como, os problemas erosivos que surgem com a retirada da vegetação, especialmente, quando não se tomam cuidados com a conservação do solo.

Serão plantadas 500 mudas de grande porte, as quais foram doadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano-SEMADUR para a recuperação das matas ciliares das lagoas de dissipação de energia da recuperação das erosões que existiam no Parque. O importante deste plantio, é que será executado com palestras com as crianças explicando todos os benefícios da conservação da vegetação, bem como os malefícios do desmatamento.

Em Coxim, a doação de mudas será executada, a partir do dia 21 de setembro, em uma grande barreira policial no centro da cidade, com participação do projeto Florestinha daquele município e do Núcleo de Educação Ambiental.

Em Costa Rica, a PMA executará a doação de mudas nativas nas escolas, onde executará palestras aos alunos, desenvolvendo não só o tema vegetação, mas todos os temas atuais do complexo ambiental. Também serão distribuídas à população, em barreiras educativas no centro da cidade.

Serão também distribuídos “folders” educativos com temáticas ambientais e expostos “banners”, ressaltando o tema árvore (vegetação), mas também sobre pesca, resíduos sólidos, caça, tráfico e atropelamentos de animais silvestres, incêndios florestais e desmatamentos. Todas as Subunidades da PMA No Estado estarão desenvolvendo palestras em escolas ou recebendo alunos nas dependências dos quartéis.

Várias subunidades da PMA desenvolverão outros trabalhos nesta semana.

O Comando da PMA considera extremamente proveitoso o trabalho de Educação Ambiental, haja vista, toda a movimentação da população em defesa das questões ambientais. O Comando acredita que, só por meio da Educação Ambiental, com crianças e adolescentes, as infrações e crimes ambientais diminuirão e, as decisões deles, que no futuro estarão no Comando das ações no País, com certeza, serão mais planejadas do que estão sendo agora.

Na verdade, quando se realiza Educação Ambiental, está se realizando a fiscalização do futuro. Quando se prende ou se autua alguém por crime ou infração, o dano já foi causado e, muitas vezes, irreversível. A prevenção é sempre mais importante do que a repressão, em especial nas questões ambientais.

Fonte : PMA/RW_ CAMPO GRANDE

Print Friendly, PDF & Email