Croácia bate recorde de turismo em 2011

País é o destino mais badalado do verão europeu

Barcos atracados no porto de Dubrovnik, Croácia (Divulgação)

A Croácia bateu recorde de número de turistas nos primeiros sete meses de 2011, segundo divulgou em nota o Ministério do Turismo croata. Entre janeiro e julho, o país banhado pelo Mar Adriático viu seu número de turistas aumentar 8% na comparação com o mesmo período de 2010. “Trata-se de um ano histórico para o turismo croata”, afirmou o ministro do Turismo Damir Bajs, em entrevista a uma rede de TV local.

Segundo os números publicados pelo órgão, 6,2 milhões de turistas cruzaram as fronteiras do país neste ano. Somente em julho, foram 3 milhões de turistas, sendo que 2,7 milhões desse total são estrangeiros – um aumento de 4,8% em relação ao mesmo mês de 2010. Se o crescimento se mantiver estável até o final do ano, o ministério estima que o país consiga bater o recorde atual de 11,3 milhões de turistas (alcançado em 2008). A população total da Croácia é de 4,2 milhões de habitantes.

Em 2010, a Croácia registrou um total de 10,6 milhões de turistas que geraram uma receita de mais de 6 bilhões de euros, de acordo com os números oficiais. O turismo é o principal motor da economia do país, que vem sofrendo baque desde a crise financeira de 2008. Em 2013, a Croácia deveria entrar para a Comissão Europeia e integrar, em seguida, a zona do euro. No entanto, com os últimos acontecimentos na Grécia e nos demais países periféricos da Europa, os croatas ainda terão de esperar.

Turismo pós-Iugoslávia- A Croácia se tornou um destino badalado na Europa por três razões: baixo preço, belezas naturais e isolamento. Cansados da enorme quantidade de turistas que invadiam os balneários tradicionais durante o verão, como Nice e a Riviera Francesa, os europeus buscaram no país da ex-Iugoslávia uma solução de isolamento a preços bem mais acessíveis. A partir da metade da década de 2000, com a expansão das companhias aéreas de baixo custo, como Ryanair e EasyJet, o país consolidou sua posição de destino de verão preferido dos europeus.

Fonte : VEJA_Agência France-Presse

Print Friendly, PDF & Email