Crianças produzem prendas com materiais de sucata nas escolas

 

Onde vão parar aquele monte de tampinhas, garrafas PET e caixas de papelão e de leite que geralmente se acumulam em casa?

Incentivadas pelas escolas, algumas crianças criam prendas (aqueles brindes) com esses e outros materiais recicláveis para a festa junina. Dá para inventar jogos, piões, bonecos etc.

“É muito gostoso fazer as prendas porque podemos criar coisas de que a gente gosta”, fala Olívia Catani Kuroza, 7. Ela já fez pequenos banquinhos com garrafas PET.” Com as prendas reutilizadas, a gente não precisa gastar dinheiro.”

O fato de o brinquedo não ser comprado também encanta Joana Francisco Guerra, 7. “Assim, a gente não estraga a natureza e fica sabendo como as coisas são feitas”, diz. “Se eu quiser dar uma festa em casa, posso fazer as lembrancinhas”, completa.

Rafael Barreira, 8, diz que a vantagem das prendas recicláveis é que, “quando não se quer brincar mais, dá para desmontar e colocar no lixo certo”.

Sophia de Assunção, 7, concorda com a opinião de Rafael. E completa: “É legal ganhar uma prenda e saber que ela foi feita por um colega da escola”.

 

MIMOS

A palavra “prenda” significa “objeto que é dado a alguém como brinde, mimo”. Mas muitas vezes esse “mimo” é algo que vai logo para o lixo. Educadores têm ideias para diminuir o problema: as prendas podem ser brinquedos que estão esquecidos no baú dos alunos e as brincadeiras podem ser mais envolventes do que os presentinhos.

 

Embalagem vira bandeirinha

Prendas recicláveis
A sua festa junina pode começar em casa. Foi assim que os alunos do Colégio Sidarta, em Cotia (Grande São Paulo), deram os primeiros passos para participar da decoração da festa.

Cada turma ficou responsável por trazer embalagens diferentes de casa. Logo encheram uma sala. Sacos de salgadinho, por exemplo, viraram bandeirinhas. Caixas de leite, uma fogueira.

“Nossa festa junina vai comemorar também a reciclagem”, diz Rafael Cataldo, 8.

O Colégio Santo Américo, em São Paulo, também está na onda da reciclagem.

“Todos os convites, as rifas e até os dinheirinhos de papel da festa vão ser feitos de material reciclado neste ano”, conta a diretora do colégio, Elenice Lobo.

 

DICAS

Alunos do colégio Sindarta em Cotia fazem alegorias para festa junina
Coisas de casa
Se a sua escola incentiva a produção de prendas, sugira que sua turma leve materiais que já tenha em casa, sem que precise comprá-los em lojas.

Sem embrulho
Doe prendas sem embalagens, que só acumulam lixo! Elas devem ser recicladas. Nas barracas, a prenda deve estar sem embrulho também.

Troca de livros
Que tal trocar livros em vez de ganhar prendas? Se cada um dos seus colegas levar um livro,você poderá ganhar uma história nova na barraca.

Evite os ‘piratas’
Se seus pais compram prendas em lojas, peça que evitem brinquedos “piratas”. Caso tenham tintas tóxicas ou peças pequenas, podem ser perigosos.

Escolha certa
Brinquedos e outros objetos que são ganhos como prendas na festa junina gastam recursos naturais, como água e energia, para serem feitos. Antes de escolher aprenda, pense se o objeto será útil.

Hora de brincar
A festa junina é um momento de brincar, estar com amigos e com a família. Mais legal do que ganhar prendas é se divertir com toda a sua turma nesse dia especial.

 

Fontes: alunos e educadores das escolas Castanheiras, Meu Castelinho, Rainha da Paz, Santo Américo, Sidarta, Viva e Vera Cruz, Instituto Akatu pelo Consumo Consciente

 

Print Friendly, PDF & Email