Conheça alguns dos alimentos mais perigosos do mundo, mas que, preparados adequadamente, podem ser verdadeiras iguarias

Leite e mel não-pasteurizados

Nada como ir para a roça e beber o leite direto da vaca. Mas essa sensação de estar em contato com a natureza pode também trazer problemas como contaminação por bactérias, como a salmonela e Escherichia coli. Isso porque, sem passar pelo processo de pasteurização, o leite mantém todas suas propriedades originais, incluindo possíveis doenças.

Com o mel, acontece algo semelhante. A pasteurização elimina substâncias como a graianotoxina, que prejudica as funções celulares, causando tonturas, fraqueza, sudorese, náuseas e vômitos. Esses sintomas custam 24 longas horas para passar.

Castanhas de caju, amêndoas e sementes

As castanhas de caju e amêndoas comidas como tira-gosto não são torradas apenas pelo gosto agradável. Quando cruas, essas comidas possuem toxinas que, se consumidas em grande quantidade, podem ser letais.

No caso da castanha de caju, a substância existente é o óleo urushiol, e, nas amêndoas, principalmente as mais amargas, é o ácido cianídrico, também presente na mandioca brava e em sementes de frutas como damasco, cereja, ameixa e até maçã. Para evitar intoxicações, é importante torrar ou cozinhar esses alimentos, para desativar sua toxicidade.

Mandioca brava

O nome não engana. Esse tipo de mandioca, da espécie Manihot esculenta, contém grande quantidade de glicosídeos cianogenéticos, que liberam o veneno conhecido como ácido cianídrico. Apesar de se parecer muito com a mandioca comum, também chamada de aipim ou macaxeira, a mandioca brava não pode ser consumida frita ou cozida, devido à alta quantidade de toxina presente nela.

Se consumida, essa planta causa cansaço, falta de ar, fraqueza, taquicardia, agitação, confusão mental, convulsão, coma e até a morte. Por isso, a mandioca brava é usada basicamente na fabricação de diversos tipos de farinha, já que a alta temperatura para o cozimento acaba com o efeito do veneno.

Fonte : EXAME.com/ em __  “10 comidas que podem matar ou causar sérios danos à saúde”

 


Print Friendly, PDF & Email