Centro-Oeste é região que mais descarta resíduos em lixões

Das 13,9 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos coletados por dia, em 2010, na região Centro-Oeste, 71,2% tiveram como destino final os lixões e aterros que não impedem a contaminação do meio ambiente.

No Nordeste, onde foi produzida 38 mil toneladas diárias de resíduos, o percentual de destinação foi 66%. No Norte, 65% das 10,6 mil toneladas de lixo diário recolhido não tiveram descarte adequado.

Os dados são do Panorama dos Resíduos Sólidos, estudo feito pela Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais).

“Apesar de em 2010 as regiões Centro-Oeste, Norte, e Nordeste terem ampliado, em comparação a 2009, em cerca de 10% a destinação de seu lixo para aterros adequados, a quantidade de resíduos encaminhados para lixões ainda é extremamente significativa”, disse o diretor executivo da Abrelpe, Carlos Silva Filho.

Nas regiões Sudeste e Sul o cenário é menos negativo. Das 92 mil toneladas de lixo coletadas diariamente em São Paulo, Minas Gerais, no Rio de Janeiro e Espírito Santo, 28,3% foram para lixões.

Nos três estados do Sul, que juntos coletaram quase 19 mil toneladas por dia em 2010, o percentual de resíduos que tem destino inadequado é de 30,3%.

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/907684-centro-oeste-e-regiao-que-mais-descarta-residuos-em-lixoes.shtml

 

lixo

 

Print Friendly, PDF & Email